Deic fecha central de golpes do empréstimo em Santo André

Local simulava escritório comercial para enganar o público

Policiais civis do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) fecharam, na manhã dessa terça-feira (29), uma central para aplicação de golpes do empréstimo. A ação aconteceu em Santo André, no ABC Paulista.

Os trabalhos investigativos e de campo foram realizados por agentes da 4ª Delegacia da Divisão de Investigaçõessobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat), que, durante apurações, detectou o esquema criminoso que tinha como chamariz o crédito consignado.

Conhecido como “arara”, o local simulava um escritório comercial para enganar o público. Os criminosos ofereciam dinheiro a juros baixos desde que antecipassem o pagamento de taxas de administração.

Para evitar que o esquema fosse descoberto, os responsáveis montavam e desmontavam a sede, permanecendo nos imóveis no prazo máximo de 30 dias.

A equipe do Deic tentou deter os responsáveis na semana passada, mas os criminosos haviam transferido a sede para outro endereço – avenida Utinga, descoberto hoje. O aparato havia sido montado sem nenhuma identificação, no andar superior de uma igreja.

Na ação, os agentes flagraram os golpistas em pleno trabalho. Ao menos 20 pessoas que estavam no local, entre vítimas, funcionários e os responsáveis por comandar o esquema, foram levados à especializada para serem ouvidos e identificados.