CHM de Santo André lidera número de atendimentos entre hospitais municipais do estado de São Paulo

Levantamento faz parte do Painel da Saúde, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado; hospital realizou mais de 1 milhão de procedimentos no primeiro semestre de 2019

O Centro Hospitalar Municipal (CHM) Dr. Newton da Costa Brandão, em Santo André, é o equipamento de saúde municipal que mais realiza atendimentos em todo o estado de São Paulo. Somente no primeiro semestre de 2019, o hospital fez mais de 1 milhão de procedimentos, entre cirurgias, internações, consultas e exames especializados.

Foram ao todo 1.160.174 atendimentos realizados no CHM nos primeiros seis meses do ano passado. Os números integram o Painel da Saúde, levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A ferramenta, lançada neste ano, foi desenvolvida para mostrar um panorama da assistência hospitalar pública prestada aos cidadãos e avaliou 193 hospitais, entre estaduais e municipais.

A pesquisa mostra ainda que o CHM é o hospital que mais realizou atendimentos entre todos os equipamentos públicos do ABC no período.

“O CHM tem recebido investimentos e melhorias que a população tem acompanhado de perto, como requalificação do hospital, modernização de sistema e infraestrutura, alem de forças-tarefa de diversas especialidades. Graças a estas iniciativas, chegamos à sétima colocação em todo o estado em número de atendimentos, com cada vez mais qualidade”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A Prefeitura de Santo André vem realizando investimentos com o objetivo de modernizar o CHM. Logo no início da atual gestão foi reaberto o Hospital Dia, que havia sido fechado na gestão anterior. O equipamento realiza cirurgias de baixa complexidade, permitindo que o paciente passe pelo procedimento e tenha alta no mesmo dia, sem a necessidade de permanecer internado em observação. Posteriormente os pacientes retornam ao serviço para curativos e novas avaliações.

Em 2018 foi entregue a reforma do Centro de Diagnósticos, possibilitando o aumento do número de salas de ultrassonografia, que passaram de duas para quatro. O antigo tomógrafo foi substituído por um moderno equipamento que faz imagens 3D e foram revitalizadas as salas de raio-x, de ressonância e do espaço onde são realizados os exames de ecocardiograma adulto, ecocardiograma infantil e doppler vascular.

O CHM também está ampliando a capacidade de exames laboratoriais e de imagem, aumentando o leque de tipos de tipos de tomografia, por exemplo.

Nesta gestão, o hospital ganhou ainda um moderno Centro Médico de Especialidades e uma nova ala da Psiquiatria, que proporcionou aumento de leitos voltados à essa especialidade. Além disso, o auditório foi totalmente reformado, teve sua capacidade ampliada e recebeu equipamentos multimídia.

Em novembro do ano passado tiveram início mais obras de melhorias no CHM. Além de ganhar dez novos leitos de UTI, o hospital está recebendo intervenções de modernização na Ala Vermelha, área de quimioterapia, Enfermaria, ala de atendimento ambulatorial, Recepção Central e Clínica Médica. A fachada do Centro Hospitalar Municipal, que nunca foi reformada desde a construção do equipamento de saúde, também será totalmente revitalizada.