Veículo do jornal Folha de Ribeirão Pires sofre atentado; veja o vídeo

Fonte: Folha de Ribeirão Pires

Na última terça-feira (16), por volta das 7h30, um carro de distribuição do jornal Folha de Ribeirão Pires, Mauá e Rio Grande da Serra foi alvo de ataque.

O atentado ocorreu na rua Eugênio Roncon esquina com a rua Manoel Dias, no Jardim Ribeirão Pires. Segundo relato do motorista, ao virar a esquina, um motoqueiro encostou para supostamente pedir informações, momento em que anunciou o ataque: “eu vou botar fogo nesse carro aí”.

Em seguida, sacou uma garrafa com gasolina e despejou o líquido contra o carro, acendendo o material inflamável.

A ação durou poucos segundos.

Ainda segundo o motorista, ao perceber que o veículo estava pegando fogo, acelerou e mais a frente conseguiu apagar o incêndio com a ajuda de populares.

O motoqueiro fugiu do local.

O carro da Folha, uma Fiorino ficou parcialmente queimada na porta do motorista, capô, parabrisa e teto.

O motorista não se feriu. Para o diretor da Folha, Edinaldo de Menezes,o Dedé, o ato é lamentável e precisa ser esclarecido. “Quero acreditar que não seja uma retaliação ao nosso trabalho, mas é preciso encontrar o autor do atentado. Não podemos deixar esse caso cair no esquecimento. A ação não é apenas contra a Folha, mas sim, contra a liberdade de imprensa. Hoje atacaram a Folha, amanhã pode ser outro veículo de comunicação”, alertou Dedé.

Ainda segundo Dedé, a ação, se intimidatória, não surtirá efeito, pois o jornal continuará atuando com o compromisso da verdade. “Não iremos mudar a nossa linha editorial que há 30 anos é pautada na verdade e no compromisso com os nossos leitores. Seguiremos em frente, investigando e publicando sempre fatos verdadeiros que agradem ou não pessoas ou organizações. Esse é o perfil da Folha, atuar com responsabilidade e pautada na legalidade dos seus atos”.