Vereadores fazem as pazes com secretária de Saúde de Ribeirão Pires

0

A sessão desta quinta-feira (21) na Câmara Municipal de Ribeirão Pires aconteceu de forma amistosa mesmo com a presença da secretária de Saúde de Ribeirão Pires, Patricia Freitas.

Durante todo primeiro semestre, os vereadores atacaram fortemente a saúde pública de Ribeirão Pires e também não pouparam críticas a secretária, mas frente a frente e com a grande presença de funcionários da Saúde que acompanharam a sessão no Plenário, o tom foi outro. Durante audiência no Legislativo que durou mais de três horas, raras foram as perguntas espinhosas direcionadas a ela, numa clara mudança de comportamento dos parlamentares.

Os pontos principais da sabatina foram a ausência de respostas a requerimentos encaminhados à secretaria e contrato com empresa que faz o gerenciamento da Saúde de Ribeirão, a APGP, que está em regime emergencial. Ela respondeu às indagações e, sobre os requerimentos, garantiu que detalhou 61 solicitações endereçadas e que outras cinco serão atendidas.

A visita da chefe da Pasta de Saúde se deu após inúmeros episódios de conflito entre a secretária e o presidente da Casa, Rubão Fernandes (PSD). Para Rubão, essas questões ficaram no passado. “Ainda tem coisas para serem pontuadas (sobre a secretaria). Hoje (ontem), ela mostrou que é competente para assumir a Pasta. Deu uma esplanada legal para a população”, afirmou o presidente sobre a sabatina.

Para a sessão do dia 21 de setembro ficou convocado o secretário de Comunicação, João Mancuso (PSB).