Ribeirão zera fila de espera por tomografia

0

O  tomógrafo da rede municipal de Ribeirão Pires, instalado no Hospital e Maternidade São Lucas, inaugurado no final de novembro do último ano, o equipamento atendeu a demanda desde 2015, zerando, no início deste ano, a fila de espera pelo exame.

 As equipes da Saúde realizaram o agendamento de cerca de 530 pacientes que estavam na fila até o último ano. Do total, 452 compareceram na data marcada, resultando em aproximadamente 1300 tomografias feitas – cada paciente pode ter mais de um exame solicitado.

 “Além de zerar a fila de espera de 2015 até o final do ano passado, estamos cumprindo com as agendas recentes e, ainda, atendendo todos os pedidos de urgência enviados pela UPA Santa Luzia. Esse é um grande avanço para a saúde municipal, que se tornou realidade após regularizarmos a situação de um equipamento que estava deixado de lado pelos últimos gestores. Compromisso estabelecido pelo prefeito Kiko e que estamos seguindo à risca”, explicou o prefeito em exercício de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon.

As ações de retomada de serviços essenciais adotadas pelo Governo desde o início de 2017 trouxeram de volta às Unidades Básicas de Saúde os exames laboratoriais, ampliando a oferta dos exames de sangue e papanicolau para atender a demanda da rede. Após a retomada, em janeiro do último ano, a rede municipal realizou mais de 244 mil exames do tipo, o que representa aumento de mais de 67% em relação a 2016.

 Com novos fluxos internos do atendimento, a criação de procedimentos e a reorganização das equipes, os exames de ultrassonografia também registraram aumento expressivo de 2016 para 2017. No ano passado, foram realizados mais de 7.300 ultrassons na rede municipal, número que é quase três vezes maior no comparativo com 2016.