Promessas de Márcio França e Carla Morando não se concretizam e obras do Hospital de Ribeirão continuam paradas

Após a entrega da UPA e parte da construção do Complexo Hospitalar da Santa Luzia em Ribeirão Pires no fim de 2012, já se passaram 7 anos, duas gestões e as obras continuam paradas.

O ex-governador, Márcio França (PSB) prometeu em maio de 2018 firmar um convênio no valor de R$ 3 milhões para conclusão do hospital, porém, a verba foi cancelada pelo atual governador, João Doria (PSDB) ao assumir em 2019.

Em outubro deste ano, a deputada estadual, Carla Morando (PSDB) esteve no gabinete do prefeito Kiko Teixeira (PSB) para anunciar que o governador João Doria atendeu seu apelo e confirmou o aporte de R$8 milhões para conclusão da obra.

O Hospital Santa Luzia de Ribeirão Pires vai se tornar realidade. Estive hoje com o prefeito Adler Kiko Teixeira e a…

Posted by Carla Morando on Monday, October 14, 2019

No entanto, a realidade é outra, no último sábado a TV Globo exibiu uma reportagem mostrando o abandono do local, vidros quebrados, fiação e tubulação de oxigênio expostas.

De acordo com a secretária adjunta de Obras, Melissa Duaik, a Prefeitura aguarda o cumprimento das promessas feitas.

“A gente acha que eles (Governo do Estado) vão assinar agora em dezembro, é a promessa. A Prefeitura já entregou toda parte técnica de projetos e documentos. Assinando o convênio a Prefeitura vai trabalhar com o processo licitatório, contrato, ordem de início e depois inicia as obras”, justificou.

Veja a reportagem

Obras de hospital em Ribeirão Pires estão paradas há seis anos | SPTV1 Globo

Posted by Bastidor Político on Saturday, November 30, 2019