Prefeitura de Ribeirão Pires suspende o atendimento presencial nos comércios até 10 de agosto

Após publicação da matéria, a Prefeitura publicou novo Decreto garantindo o funcionamento  do comércio conforme o Plano São Paulo

O prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira publicou um decreto no Diário Oficial desta quinta-feira (29), que suspende o atendimento presencial nos comércios da cidade.

Sem detalhamento de como será a tal suspensão, o Decreto 7.037 diz “Fica suspenso, até 10 de agosto de 2020, o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços em funcionamento no Município de Ribeirão Pires”.

No dia 3 de julho, o Governo de São Paulo anunciou que as cidades do ABC avançaram para a Fase Amarela. Com a evolução foi possível a reabertura de bares, restaurantes, academias e salões de beleza.

A Prefeitura se manifestou por meio de Nota, além de editar e publicar um novo Decreto.

Nota da Prefeitura de Ribeirão Pires

A Prefeitura de Ribeirão Pires esclarece que seguem vigentes as medidas decretadas para a flexibilização do funcionamento de comércios e prestadores de serviço da cidade dentro da Fase Amarela do Plano São Paulo. O município publicou hoje (30/07) decreto que prorroga a quarentena até 10/08 (seguindo decreto estadual), SEM MODIFICAR o que já está valendo para os comerciantes e prestadores de serviços – mantidos horários de funcionamento restritos entre outras normas estabelecidas nos decretos de flexibilização da Fase Amarela.