Prefeitura de Ribeirão Pires celebra nova parceria com o Instituto Ayrton Senna para escolas municipais

Gestão Nota 10 é o novo programa que beneficiará cerca de 1.820 alunos do quarto ao quinto ano do Ensino Fundamental da rede municipal

No primeiro semestre, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, firmou mais um importante parceria com a implantação de um novo projeto do Instituto Ayrton Senna, o programa Gestão Nota 10, que envolve nove unidades escolares de Ensino Fundamental I e II.

O Gestão Nota 10, promovido em parceria gratuita, capacita as equipes das unidades escolares para serem gerentes do sucesso de cada aluno a partir de informações quantitativas e qualitativas que funcionam como termômetros do processo educacional.  O programa acompanha, também, o desempenho  dos alunos do quarto ao nono ano do Ensino Fundamental II e ainda a assiduidade dos professores. A implantação desta nova parceria envolverá 21 gestores escolares, 73 professores e cerca de 1.820 alunos.

A primeira formação com os diretores das escolas municipais que participam do programa já teve início com a participação da representante do Instituto Ayrton Senna,  Tereza Jussara Liporini. “A Prefeitura de Ribeirão Pires tem oferecido todo o suporte para o Instituto, o que permite a ampliação dos programas disponibilizados gratuitamente”, afirmou a agente técnica.

Para a secretária municipal de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, Flávia Banwart, a parceria com o Instituto permite intervenções técnico-gerenciais e pedagógicas para ajustar e manter o bom desempenho de ensino na rede pública municipal.

“Com o diagnóstico do Gestão Nota 10 serão emitidos indicadores que apontarão os níveis de proficiência dos alunos, distorções idade/série, os índices de reprovação, repetências e infrequências escolar – aspectos que refletem diretamente na qualidade do ensino das escolas estaduais”,

Ribeirão Pires é a única cidade do Grande ABC que implantou na rede municipal parceria com o Instituto Ayrton Senna.  Em 2017, a parceria foi retomada com o programa Gestão Política da Alfabetização, que atualmente beneficia cerca 1.350 alunos dos primeiros aos terceiros anos do Ensino Fundamental I e ainda contempla 53 professores titulares, 23 professores de apoio e 11 coordenadores pedagógicos.