Das cidades da microrregião Ribeirão Pires é a única que apresentou aumento nos casos de estupro em 2019

Fonte: Folha de Ribeirão Pires

Das cidades que compõe a microrregião – Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, a Estância foi a única que apresentou aumento nos casos de estupro. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São paulo.

Ribeirão Pires em 2018 registrou um total de 18 casos de estupro; sendo 16 estupro de vulneráveis e 2 casos de estupro. Atem outubro de 2019 a Estância 30 ocorrência registrou 22 casos de estupro de vulneráveis e 8 casos de estupro.

Rio Grande da Serra em 2018 fechou o ano com 16 casos, sendo 14 de estupro de vulnerável e 2 casos de estupro. Em 2019, a cidade até outubro de 2019 registrou 14 casos, sendo 10 estupros de vulneráveis e 4 estupros.

Em Mauá, a cidade registrou em 2018, 73 casos de estupros, sendo 61 de vulneráveis e 12 casos de estupro. Em 2019 foram registrados um total de 69 casos, sendo 55 de vulneráveis e 14 casos de estupro.