spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

top 5 da semana

spot_img

posts relacionados

Orlando Morando tem Paulo Serra em seu ‘radar’ nas redes

O prefeito Paulo Serra (PSDB) em 2017 anunciou o fim dos radares móveis em Santo André, já a vizinha São  Bernardo do Campo decidiu manter os equipamentos, o que gerou uma arrecadação de R$ 20 milhões naquele ano.

O prefeito Orlando Morando justificou que
cumpre o que determina o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e utiliza os mecanismos de fiscalização com a principal função de educar, visando reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito”.

No entanto Santo André apresentou queda nos números de óbitos provocados por acidentes de trânsito e fechou o ano de 2018 com queda de 20% em  comparação com a quantidade de óbitos registrados em 2017.

Orlando tem sido alvo de constantes críticas nas redes sobre o crescimento de número de radares na cidade. Suas postagens no Facebook ou Instagram são acompanhadas por comentários os equipamentos.

Através do site da prefeitura de São Bernado do Campo, a lista de radares estáticos chegam a quase 300, fora os semáforos, os fixos com velocidades e os de avanço de faixa.

Os moradores organizaram até um abaixo assinado eletrônico pedindo o fim dos radares na cidade. 

Em qualquer postagem do prefeito nas redes, o tema “radares” está em evidência nos comentários. E alguns comparam com a atitude de Santo André  e São Paulo em retirar os equipamentos.



Já não bastasse a comparação entre os dois tucanos na condução do Consórcio, agora Morando amarga a lembrança diária feita pelos seus eleitores da ação de seu correligionário.

Samuel Boss
Samuel Boss
Iniciou sua carreira na criação do Blog do Vereador que se transformou no jornal de sátira política, Quarta Ordinária. Escreveu para os jornais Estação Notícia, Repórter Diário e Opinião Pública. Foi editor do Jornal A Voz de Ribeirão Pires e criador da TV São Caetano. Teve programas na TV+, EcoTV, TVABCD, Repórter Diário e Rádio ABC.

Popular Articles