Marcio Barzi defende renovação na política e luta pela pessoa com deficiência

Ele foi candidato a vereador em 2016 pelo PSDB e obteve 266 votos, tem aumentado sua atuação nos grupos de discussão política da cidade, e apesar de sua limitação física – de ter o controle da movimentação apenas do pé direito- não deixa de encaminhar as demandas para serem solucionadas pelo poder público.

Marcio Barzi de 43 anos, quer ser uma opção para a Câmara Municipal de Mauá representando a pessoa com deficiência e os que querem renovação política.

Maria Lusia, esposa de Marcio Barzi

Morador do bairro Vila Mercedes, Marcio protesta sobre o fim das operações da Leblon na cidade. “Era uma empresa que respeitava a pessoa com deficiência e prestava um excelente trabalho para a cidade”, explica.

Barzi conta com a ajuda da esposa para fazer as atividades do dia a dia. Maria Lusia, piauiense, deixou a família no nordeste para se casar com Marcio e cuidar de suas atividades diárias. “Ela é meu braço direito e esquerdo”, brinca Marcio.

“Meu compromisso é com a pessoa com deficiência e com as pessoa que clamam por renovação política. Mauá pode fazer uma limpeza em 2020 e eleger gente comprometida com a população da cidade”, pontuou.