Lei Municipal de Mauá permite que bombeiros arrecadem recursos de outras fontes

0

Valores arrecadados podem ser utilizados para aquisição de viaturas, equipamentos, materiais e a realização de diversos serviços

Uma antiga reivindicação da Corporação do Corpo de Bombeiros de Mauá foi atendida. Foi sancionada uma Lei Municipal (5.385/18) para a criação do Fundo Especial do Bombeiro – FEBOM com o intuito de receber doações de empresários, entidades ou pessoas físicas para realizar diversas melhorias.

O prefeito Atila Jacomussi assinou a lei ao lado da capitã Kelly e de outros bombeiros. Os recursos provenientes da contribuição voluntária podem ser utilizados para aquisição de viaturas, equipamentos, materiais e serviços, além da manutenção predial, nas viaturas, alimentação para a corporação, entre outros.

Para o prefeito, isso vai reforçar ainda mais o trabalho de salvamento realizado, tornando o trabalho mais eficiente, com capacidade de respostas mais rápidas.

“É inegável o valoroso trabalho de proteção da vida humana realizado pela corporação, que além do preparo e coragem de seu efetivo, também utiliza viaturas e equipamentos fundamentais para a rapidez que muitas ocorrências exigem”, apontou.

Vale lembrar que a Prefeitura de Mauá também renovou o convênio com o Governo do Estado para esta e outras parcerias.