Consórcio ABC conquista R$ 3,2 milhões para novo plano regional de combate às enchentes 

0


O Consórcio Intermunicipal Grande ABC assinou contrato com o governo estadual para elaboração de um novo Plano Regional de Macro e Microdrenagem, que tem como objetivo fazer um diagnóstico do cenário atual e apontar intervenções necessárias para o combate às enchentes na região.  

A proposta é atualizar o plano regional de 2016, que, na ocasião, identificou a necessidade de 259 intervenções nas sete cidades para o combate das enchentes, entre elas redes de galerias e canais e piscinões. 

Foi este estudo que, por exemplo, indicou a construção do Piscinão Jaboticabal como a obra de maior impacto regional no combate às enchentes. Atualmente em obras, o projeto foi destravado pelo Estado em março de 2019 por peito do Consórcio ABC, após fortes chuvas que atingiram a região.  

Na ocasião, a entidade regional agendou reunião dos prefeitos das sete cidades com o então governador João Doria e apresentou o levantamento que apontava a importância da obra no combate às enchentes no Grande ABC. 

O Piscinão Jaboticabal ficará localizado nas proximidades da Rodovia Anchieta e na confluência entre os ribeirões dos Couros e dos Meninos, na divisa entre São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e São Paulo.   

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Mauá, Marcelo Oliveira, assinou nesta semana o contrato com Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), que irá repassar R$ 3,2 milhões para a elaboração do estudo. O projeto está agora em fase de contratação da empresa que irá executar o serviço.  

O recurso é fruto de trabalho da equipe técnica e do Grupo de Trabalho (GT) Drenagem Urbana do Consórcio ABC, que defende a necessidade de rever as informações presentes no levantamento original produzido há sete anos. 

“O combate às enchentes é um desafio histórico de nossa região, e é papel do Consórcio ABC trabalhar para oferecer dados e informações para que os municípios tomem as melhores decisões na hora de planejar a drenagem urbana local”, afirmou Marcelo Oliveira.