Câmara de Mauá rejeita Impeachment de Marcelo Oliveira por crime de responsabilidade

0

A Câmara de Mauá rejeitou o pedido de impeachment contra o prefeito Marcelo Oliveira (PT), feito pelo vereador Sargento Simões (Podemos). Foram 21 votos pelo arquivamento da solicitação, uma abstenção e nenhum voto pelo prosseguimento.

Autor do pedido, Simões alega que o governo petista cometeu crime de responsabilidade por supostas falhas na vacinação contra a Covid-19. Na peça, o parlamentar argumenta que a Prefeitura de Mauá, até o dia 25 de agosto, havia recebido 481.888 doses de imunizantes e aplicado 396.795, deixando em estoque 85.093 frações. Ele citou relação do site Vacina Já, do governo paulista, que indicava até aquela data que Mauá era a 615ª colocada no ranking de vacinação no Estado.

O vereador que precisou se licenciar para apresentar o processo, fez discurso duro com críticas à gestão do petista. Ele afirmou que vereadores recebem vantagens financeiras para arquivar a denúncia contra Marcelo, declaração que gerou revolta na bancada governista.