Atila quer contratar 415 profissionais temporários para Saúde

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), encaminhou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei que autoriza a contratação temporária de 415 profissionais para área de Saúde sem a necessidade de Concurso Público.

De acordo com o projeto do governo, o objetivo é a de contratar tanto profissionais da saúde (200 médicos; 50 técnicos de enfermagem; 35 enfermeiros; dez cirurgiões dentistas; cinco fisioterapeutas), quanto das áreas operacional (15 motoristas de ambulância) e administrativa (100 trabalhadores).

O texto prevê que a contratação seja temporária (por um ano) e proíbe expressamente que os contratos sejam prorrogados.

Atila alegou que “trata-se de um procedimento paliativo, para atender a toda a rede municipal de saúde, enquanto avançam as tratativas, junto ao Ministério Publico e FUABC, para a publicação de novo edital para contratação de organizações sociais, para gestão da saúde.