Consórcio ABC reforça tratativas para compra de vacinas contra Covid-19

0
1
Vacinação drive-thru contra a covid-19 no Parque da Cidade, em Brasília.
Prefeituras buscam ampliar a imunização dos moradores dos sete municípios da região O Consórcio Intermunicipal Grande ABC tem reforçado as tratativas para a aquisição de mais vacinas contra a Covid-19, com o objetivo de acelerar a imunização da população das sete cidades.
A entidade regional segue protocolando intenção de compra de vacina com todos os laboratórios envolvidos com a produção e distribuição de imunizantes contra o novo coronavírus. Nas negociações, iniciadas em fevereiro, o órgão intermunicipal tem registrado e formalizado firme disposição de comprar as vacinas.
O avanço depende da disponibilidade de doses para que seja concretizada a aquisição.

Na semana passada, o Consórcio ABC reforçou, por meio de ofícios enviados a representantes internacionais de laboratórios, a intenção de compra dos imunizantes Covidshield, mais conhecida como vacina de Oxford, da AstraZeneca; Sputnik V, do Grupo União Química; e Covaxin, da empresa indiana Bharat Biotech.
Além disso, a entidade regional também já protocolou intenção de compra de doses das vacinas Coronavac, da Sinovac; BNT162b2, das farmacêuticas Pfizer e BioNtech; Ad26.COV2.S, da Janssen, braço farmacêutico do grupo Johnson & Johnson; e Convidicea, do laboratório chinês CanSino.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, afirmou que as prefeituras da região estão se estruturando, em um grande esforço conjunto, e se planejando financeiramente para a compra de vacinas.
 “A quantidade de doses disponíveis ainda é insuficiente para imunizar toda a população das sete cidades, por isso estamos trabalhando incansavelmente e avançando nas negociações para ampliar a vacinação no Grande ABC”, afirmou Paulo Serra.